Boa sorte aos que vão fazer a prova do concurso para Orientador Educacional

23/11/2014

Boa sorte aos que vão fazer a prova do concurso para Orientador Educacional hoje!

Se tem algo que me orgulho muito nesta caminhada como dirigente do Sinpro foi ter participado da luta pela ampliação do quadro de orientadores da Carreira do Magistério Público do DF. Hoje os orientadores da SEDF formam um corpo de profissionais altamente qualificado, desenvolvendo um trabalho reconhecido e essencial para a melhoria da qualidade do ensino público no DF.

O sucesso do trabalho dos orientadores que já estão na Rede não diminuiu em nada a necessidade de ampliação do serviço. Pelo contrário, agora que há o pleno reconhecimento da importância da orientação pedagógica é que aumentou a necessidade mais profissionais na Rede Pública de Ensino. Por isso, reforço o desejo de sorte na prova e reafirmo o compromisso de começar imediatamente a luta pela nomeação dos aprovados!

CLIQUE aqui e veja um blog interessante sobre o assunto

.

Washington Dourado


Quando a escola pública era de qualidade, mas para poucos

22/11/2014

As fotos abaixo e a reportagem do Portal IG mostram um tempo em que a escola pública era a referência de qualidade, mas seu acesso era para poucos, normalmente para a elite da época. Essa realidade mudou a partir da ampliação do acesso, de tal forma que hoje temos quase 100% das crianças matriculadas, mas a referência de qualidade caiu muito.

O desafio do nosso tempo, portanto, é fazer com que a escola pública universalize o atendimento e, ao mesmo tempo, retome os padrões de qualidade.

Como chegar lá?

Uma sala de aula composta apenas por meninas, na Escola Normal Caetano de Campos.

Alunos provavelmente na aula de educação física, praticam esgrima.

 

Alunos do Jardim da Infância que funcionava anexo à Escola Normal.

 

Alunas provavelmente na aula de educação física jogando basquete.

 

Alunos do Jardim da Infância, que funcionava anexo à Escola Normal,

 

Sala de aula da Escola Normal

Há cem anos escola pública de SP tinha aula de esgrima e laboratório de anatomia

 


SEDF oferece Afastamento Remunerado para Estudo

21/11/2014

Servidores efetivos das carreiras Magistério Público e Assistência à Educação podem se candidatar. Reunião informativa será na terça-feira (25)

A Secretaria de Educação do Distrito Federal divulga a abertura de inscrições de Afastamento Remunerado para Estudos, para o 1º semestre de 2015. Servidores efetivos das carreiras Magistério Público e Assistência à Educação, interessados em participar da seleção deverão comparecer à reunião informativa, nesta terça-feira (25), na Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (EAPE), sala 31. Serão dois horários, o primeiro às 10h, para os candidatos da carreira Magistério Público e o outro, às 15h, para os da Assistência à Educação. A EAPE está localizada na SGAS 907, Conjunto A.

Nas duas carreiras, para pleitear uma das vagas, os candidatos devem pertencer ao quadro de pessoal permanente da SEDF, e estar em exercício nas unidades escolares da rede pública do DF, instituições conveniadas ou parceiras. Além disso, possuir no mínimo, três anos de efetivo exercício na Secretaria de Educação, para especialização ou mestrado, e quatro anos, doutorado. Os candidatos devem frequentar curso compatível com sua habilitação ou área de atuação na SEDF ou na Educação, na modalidade presencial, dentre outros requisitos especificados na Circular nº122/2014 – EAPE.

CLIQUE AQUI  e leia mais


Não fiz críticas ao governo eleito do DF, por enquanto

20/11/2014

 

 

Semana passada publiquei um texto neste blog com o título “As imprudentes declarações que geram enormes desgastes com a categoria“. O texto repercutiu e nos comentários e blogs alguns tentaram acusar-me de fazer críticas fora de hora ao novo governo eleito do Distrito Federal, uma vez que este nem tomou posse ainda.

Na verdade, o texto não expressava uma crítica, mas um alerta à Equipe de Transição e até ao Governador eleito para o fato de não comprar um desgaste desnecessário com professores e orientadores da Rede Pública de Ensino, uma vez que eles vinham colocando em foco supostas dificuldades para pagamentos de direitos e dos reajustes previstos no plano de carreira da categoria.

Não sei se a nota influenciou em alguma coisa, mas o fato é que nesta semana nada mais foi dito neste sentido pelos próximos comandantes do GDF, tirando a Educação do foco do debate sobre os problemas financeiros que a nova gestão encontrará.

Por fim, reafirmo que por enquanto não fiz uma crítica ao novo Governo. Fiz um alerta. Mas quando chegar a hora adequada e houver necessidade, farei críticas, cobranças, alertas e elogios como fiz em todos os Governos desde que fui eleito dirigente sindical. E no Governo Rollemberg não será diferente.

.

Washington Dourado

 


CEI 4 de Taguatinga: a escola pública perfeita!

20/11/2014

A escola pública perfeita existe! É o Centro de Educação Infantil 4, de Taguatinga!

Falo como pai de uma aluna daquela escola. E tenho autoridade para fazer esta afirmação, pois é o que ouço da quase totalidade dos pais, enquanto espero o portão abrir e a Giovanna entrar.

E uma das provas do que estou falando foi o evento de Natal realizado na manhã de ontem, quarta-feira. Foi sublime! Foi emocionante! Um momento que ficará marcado para sempre em todos que lá estavam.

Foi lindo ver todas aquelas crianças se apresentando. Ver que o resultado de um trabalho tão bem adaptado, de tal forma que as crianças, deficientes ou não, se sentiram verdadeiros artistas. Porém, mas lindo ainda foi ver pais emocionados expressando orgulho de ter seu filho estudando naquela escola pública.

Vou reafirmar aqui algo que acredito categoricamente: é possível fazer com que cada escola pública do DF tenha a mesma qualidade do CEI 4. É possível! Eu acredito!

Por fim, não é fácil escolher palavras que definam bem o trabalho das professoras, orientadoras e funcionárias do CEI 4. Afinal, para uma perfeita definição do trabalho de toda equipe da escola, não basta avaliar a aprendizagem dos alunos ao longo do ano, mas o impacto de tudo que elas fazem na vida das crianças e da famílias envolvidas.

É algo grande demais para ser definido em poucas palavras.

Parabéns!

Washington Dourado


Quem será o próximo Secretário ou Secretária de Educação do DF?

17/11/2014

Até o momento a parabólica deste blog não captou nenhum sinal consistente de quem será o próximo Secretário ou Secretária de Educação do Governo Rollemberg. Pelo jeito a única certeza é que o PDT, de Cristovam e Reguffe, será preponderante na indicação do nome.

Quanto aos nomes, por enquanto, só especulação. Mas na bolsa de apostas despontam nomes da UnB, do Conselho de Educação e da equipe de transição.

.

Por: Washington Dourado


As imprudentes declarações que geram enormes desgastes com a categoria

15/11/2014

A declaração do Governador eleito sugerindo dificuldades para efetivar o pagamento do salário e das férias dos professores e depois as justificativas da sua equipe para amenizar os efeitos da polêmica declaração, só reforçam: foi uma enorme imprudência. Afinal, declarações como esta produzem efeitos imediato na vida de milhares de famílias.

Porém, imprudência nas declarações tem se tornado uma prática nestes dias de protagonismo dos gestores eleitos que comandarão o Distrito Federal pelos próximos 4 anos. Por exemplo: sempre que vai falar das dificuldades para cumprir os compromissos financeiros, o Coordenador da Transição, Hélio Doyle, cita os “acordos” salariais feitos pelo atual Governo com categorias de servidores em 2013 e que vigoram até 2015.

Primeiro Hélio Doyle tem que saber que o principal compromisso do GDF feito neste período é com os professores da Carreira do Magistério. Segundo que não se trata de um “acordo”, mas de uma lei que é o nosso plano de carreira. Por fim, trata-se de uma grande imprudência já começar a sugerir o não cumprimento desse compromisso tão importante, pois Doyle e todos do novo governo sabem as implicações que uma decisão dessas envolve.

Se Rollemberg quer ganhar tempo para pôr a casa em ordem, que comece sendo menos imprudente e, principalmente, evitando crise com os professores e orientadores do Magistério Público do DF.

.

Washington Dourado


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 14.840 outros seguidores